10º Grupamento de Bombeiros continua busca por vítimas e veículo no Rio Marrecas
03/06/2019 - 15:13

Às 12h36m do dia 31 de maio, sexta-feira, a Central de Operações do Corpo de Bombeiros de Francisco Beltrão recebeu via telefone de emergência 193, a informação de que um veículo havia caído no Rio Marrecas no final da rua São Pedro, bairro Guanabara.

O efetivo de prontidão deslocou de imediato ao local, já que as primeiras informações davam conta de que seriam pelo menos 02 (duas) vítimas em um veículo GM/Monza vermelho, uma delas no interior do veículo e outra que teria conseguido sair e se segurar na vegetação às margens do Rio Marrecas, porém devido as intensas chuvas que elevaram o nível da água e consequentemente aumentaram a correnteza, essa pessoa não resistiu e se soltou, não sendo mais vista pelos populares. O Rio Marrecas estava, neste momento, cerca de 04 metros acima do nível normal.

Logo após a solicitação e a confirmação que a vítima desceu pela correnteza do rio, 02 (duas) equipes, utilizando moto-aquática (jet-ski) e barco, iniciaram as buscas que se estenderam até noite de sexta-feira, 31. Fatores como a grande correnteza no local e turbidez da água impossibilitaram, por questões de segurança, o mergulho dos bombeiros militares neste primeiro momento. Ao amanhecer do sábado, dia 1º junho, as buscas foram retomadas e seguiram novamente até o anoitecer. No domingo, dia 02, as equipes retornaram ao local pela manhã e continuaram as buscas até o final do dia, com mergulhadores do 10º Grupamento de Bombeiros realizando varredura nas proximidades do local onde houve a queda do veículo e com embarcações, porém em um raio de aproximadamente 1 KM não foi localizado o veículo e as vítimas.

O Corpo de Bombeiros trabalha com a hipótese inicial, de duas vítimas. No entanto, até o momento os órgãos de segurança confirmam o desaparecimento de uma pessoa, sexo masculino e 69 anos, portanto, qualquer informação sobre desaparecidos deve ser comunicada à Polícia Militar, Civil ou mesmo pelo telefone de emergência 193.

As buscas seguem e nesta manhã de segunda-feira foi localizada a placa que seria do veículo GM/Monza distante cerca de 300 metros do local da queda. O nível do Rio Marrecas está retornando ao seu nível normal, o que deve facilitar o trabalho das equipes.

A partir desta terça-feira, dia 04, as buscas contarão com o auxílio da cadela Brida, certificada nacional e internacionalmente para busca e resgate de pessoas e seu condutor, o soldado João Carlos Alves do 2º Subgrupamento de Bombeiros Independente de Pato Branco. Ambos atuaram nas buscas após o rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).