Histórico - 5º GB - Maringá

Sob a designação de 5ª Guarnição de Fogo (GF), funcionando em um alojamento de apenas dez metros quadrados (10 m²) construído em madeira, localizado na esquina das Avenidas Paraná e Tamandaré, em Maringá, com uma guarnição composta por apenas quatro bombeiros e somente uma viatura doada pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DEER), o Corpo de Bombeiros instalou-se em Maringá no dia 8 de Agosto de 1957, na gestão do prefeito Américo Dias Ferraz.

No dia 20 de setembro de 1963, o Aspirante a Oficial Amaury Antonello (hoje Tenente Coronel RR), assumia como primeiro Oficial Comandante da fração, que era subordinado ao 3º Grupamento de Incêndio, com sede em Londrina. Posteriormente, graças ao trabalho do então Delegado Regional de Polícia – Cel. PM Aroldo Cordeiro - o Corpo de Bombeiros foi transferido para um barracão de madeira ao lado da Delegacia de Polícia, situado à Avenida Guaíra, onde permanece até os dias de hoje.

Em substituição ao antigo barracão de madeira, foi inaugurado em 31 de março de 1973 o novo quartel de alvenaria, obra que teve início na gestão do Prefeito Adriano Valente e concluída na gestão do Prefeito Sílvio Magalhães Barros. Mais tarde, em 19 de março de 1974, o 2º Ten. Miguel Kfouri Neto, contando com um efetivo de 18 homens assumia o comando do 5º GF, agora denominado 3ª Seção de Combate a Incêndio (SCI), subordinada ao 3º Grupamento de Incêndio, com sede em Londrina.

Em 28 de setembro de 1977, visando a regulamentação dos serviços de bombeiros na área de Maringá, foram transformados em Leis pelo Legislativo Municipal, os convênios Estado-Município, com a criação do Fundo de
Reequipamento do Corpo de Bombeiros (FUNREBOM), e com ele, outras duas leis instituíram também as taxas de combate a incêndio (TCI) e de vistoria de segurança contra incêndios (TVSCI). Este formato também foi adotado em todas as cidades sede de Unidades de Bombeiros, no Paraná.

Ainda sob o comando do Tenente Kfouri, o Corpo de Bombeiros de Maringá combateu um dos maiores incêndios de sua história, que se iniciou às 04h10min do dia 25 de Março de 1984, no prédio ocupado pela empresa de atacadista denominada Casas Alô Brasil e que durou dois dias, sendo empregadas na época as cinco viaturas Auto-Bomba-Tanque, de prefixos ABT-10, 11, 12, 13 e 20, de que dispunham à época.

O Tenente Kfouri foi responsável ainda pela descentralização dos serviços de bombeiros em Maringá, criando, em seu comando, os Postos do Jardim Alvorada, Vila Operária, Maringá Velho e no Distrito de Iguatemi, o que permitiu uma significativa redução no tempo-resposta de atendimento às ocorrências.

Quase completando 10 anos à frente da 3ª Seção de Combate à Incêndio, a 6 de julho de 1984, o Ten. Kfouri passou o comando ao Capitão Carlos Roberto Cidade. Atualmente, Miguel Kfouri Neto é Desembargador aposentado, tendo sido antes presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, e o Coronel Carlos
Roberto Cidade ainda foi Comandante do 3º Grupamento de Bombeiros de Londrina, e, após, em 1990, assumiu o comando do Corpo de Bombeiros do Paraná, substituindo o Coronel Miguel Arcanjo Capriotti.

O Governo do Estado do Paraná, através do Decreto n°. 5.404, de 08 de maio de 1.985 criou o 5º Grupamento de Incêndio, com sede em Maringá e, em 15 de julho de 1985, assumia como primeiro Comandante o Ten.-Cel QOBM Renê Raul Wengenroth Silva, já falecido. A área de abrangência do 5º Grupamento de Incêndio somava 127 municípios.

No ano de 1990, sob o comando do Tenente Coronel Léo Tadeu Noto Castanho, o 5º Grupamento de Incêndios sagrou-se campeão do torneio “Le Deffi”, uma competição que põe à prova toda a atividade operacional dos Grupamentos de Incêndio. Ainda no ano de 1990, o Corpo de Bombeiros de Maringá combateu outro grande incêndio de sua história, no edifício Royal Garden, um prédio de 42 andares ainda em construção. Este incêndio iniciou-se às 19h00min. do dia 27 de abril e foi totalmente debelado às 08h00min. do dia 28 de abril, sendo utilizadas seis viaturas Auto-Bomba-Tanque.

Em 1991, sob o comando do então Major Renê Roberto Witek, o Grupamento sagrou-se campeão da primeira Olimpíada de Bombeiro (1ª OLIBOM), realizada na cidade de Curitiba. Mais tarde, em 1997, o já Coronel Witek, assumiu o comando do Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná, substituindo o Coronel Manoel Dias Paredes Filho.

No ano de 1993, sob o Comando do Major Wilson Afonso Enes, o 5º Grupamento de Incêndio sagrou-se pela segunda vez, campeão geral do Torneio “Le Deffi”.

Em 1994, passou-se a denominar 5º Grupamento de Bombeiros, atendendo a uma área de 137 municípios, sob o comando do Tenente-Coronel Wilson Afonso Enes, que atualmente se encontra na Reserva Remunerada. Assim como a cidade cresceu e expandiu-se, o Corpo de Bombeiros também evoluiu, para atender a demanda de serviço.

Em 31 de outubro de 1997, através de convênio entre o Município e o Estado, foi implantado o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma (SIATE), o qual melhorou sensivelmente a qualidade dos serviços prestados à comunidade, mantendo credenciamento com quatro hospitais do Município de Maringá e um do Município de Sarandi.

Ao longo de sua história, as cidades da área de abrangência foram crescendo e com elas uma demanda de atendimento, obrigando as principais cidades, tidas como polos regionais, a criarem uma estrutura de bombeiros. Assim o Corpo de Bombeiros, através dos comandos geral e regional, deu o devido suporte técnico e as administrações municipais implantaram os serviços de bombeiros nas cidades de Umuarama, Paranavaí, Campo Mourão, Cianorte, Ivaiporã e Sarandi. Esta subdivisão nem sempre foi acompanhada ou precedida de aumento de efetivo, exigindo, então, um desdobramento por parte do comando regional (Comando de Grupamento).

Em 2010 a Polícia Militar Paraná passou por uma nova reestruturação e novas Unidades de Bombeiro foram criadas em todo o Estado. No 5º GB ocorreu então o desmembramento da Seção de Bombeiros de Ivaiporã e dos Subgrupamentos de Umuarama e Apucarana, os quais foram elevados à categoria de Subgrupamentos Independentes (SGBI). Desta forma, a área de abrangência foi reduzida de 144 para 94 municípios, contudo, ainda se manteve o status de maior área de abrangência do Estado.

5º Grupamento de Bombeiros - Maringá

Comandante do 5º Grupamento de Bombeiros - Maringá
Maj. QOBM Adriano Barbosa

SubComandante do 5º Grupamento de Bombeiros
Maj. QOBM Fábio Roberto de Azevedo Thereza

Endereço:
Av. Guairá, 63 - zona 7 - Maringá
CEP: 87.020-050
Fone: (44) 3218-6150
E-mail: 5gb-1sgb@pm.pr.gov.br