Bombeiros de Dois Vizinhos realizam palestra de prevenção de incendios ambientais
12/09/2019 - 11:17

No município de Dois Vizinhos e na região Sudoeste há uma grande área de plantações e florestas como as Áreas de Preservação e de Reserva que nessa época do ano estão mais propensas a queima devido às condições climáticas de estiagem, temperaturas elevadas e ventos fortes os quais geram diversas ocorrências de combate a incêndios florestais.

De acordo com o registro de ocorrências do Corpo de Bombeiros, entre os anos 2017 até a presente data de 2019 já foram atendidos cerca de 120 incêndios florestais apenas pelo Corpo de Bombeiros de Dois Vizinhos (1ª SB/2ºSGB/10ºGB). Esses incêndios ocorreram em toda a área de articulação da 1ª SB/2º SGB, compreendida por 7 (sete) Municípios: Dois Vizinhos, São Jorge D´Oeste, Verê, Salto do Lontra, Nova Prata do Iguaçu, Cruzeiro do Iguaçu e Boa Esperança do Iguaçu.  

Preocupado com a incidência de incêndios florestais na região, no ano de 2019 o 10º Grupamento de Bombeiros planejou o atendimento desses por fases a qual foi denominada Operação Quati João, compreendendo a fase da prevenção para conscientizar a comunidade através dos meios de comunicação e a melhoria de equipamentos e condições para realizar o combate a incêndio, fase operacional.

Durante a semana do dia 2 a 6 de setembro de 2019 o quartel da 1ª SB/2º SGB que compreende o Corpo de Bombeiros de Dois Vizinhos, através do 1º Tenente QOBM R. Tavares, ministrou palestras para as escolas públicas do Município explicando a importância da prevenção de incêndios florestais e das queimadas.

As palestras foram ministradas para aproximadamente 400 alunos do turno da manhã e tarde dos 3º, 4º e 5º anos dos respectivos colégios municipais de Dois Vizinhos: Escolas Municipais Jardim da Colina, Carrossel, João Paulo II, Tia Anastácia e as Escolas Municipais do Campo Nossa Sra. da Salete (São Francisco do Bandeira), Juscelino Kubitschek (Santa Lucia) e José Bonifácio (Linha Empossado). Nessas palestras foi abordada a importância de não provocar queimadas que trazem prejuízos para a saúde pública, além da fauna e da flora que também são afetadas.

A orientação do Corpo de Bombeiros é para que não provoque queimadas, sendo acionado através do telefone 193 para combater os incêndios na região. Eles podem ser evitados por meio da conscientização da população de manter os terrenos limpos e não queimar o lixo.