DADOS OPERAÇÃO VERÃO DEZEMBRO E JANEIRO.
02/02/2021 - 11:39

Com redução de 17% no número total de afogamentos atendidos pelo Corpo de Bombeiros no litoral do Paraná, comparado ao mesmo período da temporada anterior, encerram-se os meses de dezembro e janeiro dos trabalhos da Operação Verão 2020/2021. Dos 571 afogamentos desta temporada, 519 vítimas saíram ilesas e 42 com afogamento leve. No mesmo período da temporada anterior, foram 691 atendimentos no total, sendo 623 ilesas e 62 leves. Ressalta-se a importância de os banhistas sempre procurarem uma faixa protegida por Guarda-Vidas, que é delimitada pela bandeira ou windbanner vermelho com amarelo, para que o banho de mar ocorra de forma mais segura. Prova disso é que não ocorreu nenhuma morte por afogamento nas áreas protegidas por Guarda-Vidas, contudo, em faixas não protegidas por Guarda-Vidas, foram sete os óbitos nesta temporada - no mesmo período da temporada anterior foram quatro as mortes registradas. 

Dentre os fatores que podem ter influenciado para um menor número de frequentadores nas praias do nosso litoral neste período pode-se citar a pandemia e também dias seguidos com chuvas em nosso litoral. Por conta disso, ou seja, com menos público no mar, o número de ações preventivas (orientações e advertências) teve uma redução de 26%. Reduzida foi, também, a quantidade de crianças perdidas nas areias: de 594 na temporada passada para 184 neste período. Com menos pessoas no mar e, principalmente, por ações naturais, como o movimento das correntes que transportam as águas-vivas pelo oceano, o número de incidentes com esses animais marinhos teve uma redução de 80%. 

Além dos atendimentos realizados no mar, os trabalhos das viaturas de combate a incêndio e resgate e atendimento pré-hospitalar continuam durante a Operação Verão. Com relação aos acidentes de trânsito houve um aumento de 10% se comparados aos meses de dezembro e janeiro da temporada passada; já os atendimentos realizados pela ambulância foram 270 contra 295 do mesmo período do ano anterior. O número de incêndios atendidos pelo Corpo de Bombeiros também teve queda de 43%.

O Corpo de Bombeiros sempre orienta: os riscos do mar não estão somente nas ondas e nem sempre são visíveis. Correntes, buracos, mudanças abruptas de profundidade, valas e valões são riscos "escondidos". Nade sempre em faixa protegida por Guarda-Vidas, delimitada por bandeiras ou windbanners vermelho e amarelo para ter um banho de mar mais seguro. Não faça ingestão de bebidas alcoolicas antes de entrar na água e fique sempre atento às placas e sinalizações, cuidando, também, de suas crianças. 

Baixe o aplicativo do Corpo de Bombeiros gratuitamente em seu celular e procure um Posto de Guarda-Vidas para um banho de mar mais seguro.

Acesse o canal do Corpo de Bombeiros no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCN5qfXlL51MY4cdGcoVrswA) e assista aos vídeos informativos sobre regiões específicas do nosso litoral. 

Fonte: Comunicação Social da Operação Verão Costa Leste 2020/2021. 

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias