Rumo ao oficialato: a jornada de quem aspira à carreira de Oficial Bombeiro-Militar do Estado do Paraná
14/02/2020 - 09:57

Serviço em prol da sociedade, admiração, estabilidade, progressão de carreira, afinidade, vocação, meritocracia e sonho de infância. Esses são alguns dos motivos pelos quais muitos jovens buscam uma carreira no oficialato do Corpo de Bombeiros do Paraná. Conseguir tal feito, porém, não é uma missão fácil. É preciso perseverança desde as provas para admissão até a formatura no Curso de Formação de Oficiais (CFO) para que se conquiste esse objetivo.

A persistência para se tornar um oficial do Corpo de Bombeiros do Paraná começa pelo processo seletivo. A porta de entrada é o vestibular da Universidade Federal do Paraná, que elabora a primeira etapa dos testes para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais, sendo que a concorrência do curso mostrou-se superior que Medicina por diversos anos. Além do vestibular, os candidatos ainda passam pelas provas de habilidades específicas, que são compostas pela investigação social, avaliação psicológica, exame de capacidade física e exame de sanidade física.

Encerrada a fase inicial de processo seletivo, o candidato aprovado passa a ser cadete bombeiro militar, realizando um intenso curso de ordem teórica, prática, administrativa e operacional por três anos na Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), em São José dos Pinhais. O curso é realizado em regime de dedicação exclusiva, incluindo atividades no período noturno, aos finais de semana e feriados, podendo ser submetido ao regime de internato.

 

Operação em Brumadinho.

 

A rotina dos cadetes inicia-se pela manhã, com alvorada às 06h e limpeza dos alojamentos na sequência. Em seguida, ocorre a formatura matinal, onde os militares da APMG realizam a cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional. Hasteada a bandeira, a Escola de Formação de Oficiais (EsFO) realiza o deslocamento marchando para a sala de aula, para que se iniciem as instruções. As aulas do CFO ocorrem das 07h30min às 12h e, após as formaturas do meio dia e horário do almoço, continuam das 13h30min às 17h10min. No período após as aulas, os cadetes dispõe de tempo para realizar atividades pessoais e tarefas diversas. A rotina encerra-se com o pernoite às 21h, em que é realizada a conferência do efetivo da EsFO. Além da rotina diária, os alunos realizam escalas de serviço interno e externo, estágio operacional e administrativo, desfiles, presença em eventos do Estado do Paraná, participação em bailes de debutantes e bailes beneficentes e atividades em projetos sociais.

Em entrevista aos cadetes bombeiros que ingressaram no curso em 2018, os mesmos relataram que muitos desafios pessoais foram enfrentados já no processo de entrada. Há quem tenha conseguido a vaga na primeira tentativa, porém, a maioria passou pela seleção pelo menos duas vezes. As dificuldades encontradas estavam no tempo necessário para o estudo, frustrações ano após ano sem passar na seleção e testes físicos exigentes.

Quando questionados sobre as maiores dificuldades enfrentadas ao longo do CFO, os cadetes mencionaram a distância da família, abnegação dos interesses pessoais, cansaço físico e estresse mental. Em contraponto, ao serem perguntados sobre o que os motivava a continuar o curso, citaram o foco no objetivo final, salário bom, realização de um sonho, possibilidade de proporcionar uma qualidade de vida melhor para a família, poder ser um bom profissional e ao mesmo tempo fazer o bem para os outros. Quanto aos pontos positivos de estarem realizando o CFO, os militares apontaram o contato com oficiais, troca de experiências, convivência com pessoas de diferentes realidades, crescimento pessoal, independência, amizades e o aprendizado sobre comandar e ser comandado.

É nítido que alcançar a carreira de Oficial do Corpo de Bombeiros do Paraná não é uma missão fácil. É necessário ter muita perseverança e resiliência para que se realize esse objetivo. Existem no caminho muitos desafios, e enfrentá-los capacita o militar a tornar-se um bom oficial. Para quem tem o objetivo de seguir essa carreira, a força de vontade é imperial, bem como a certeza de que valerá a pena torna o sonho possível!

GALERIA DE IMAGENS