Visitar o Parque Estadual de Vila Velha

O que é

O Parque de Vila Velha, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, é uma opção de lazer para quem deseja contemplar a natureza, fazer caminhadas e conhecer os Arenitos, as Furnas e a Lagoa Dourada. O local tem mais de 3 mil hectares e conserva fragmentos da Mata Atlântica e vegetação de Campos Nativos.

O parque também oferece passeios especiais, como caminhadas noturnas, Trilha da Fortaleza e cicloturismo, que são agendados de acordo com a programação mensal do local e também conforme as condições climáticas.

Muitas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção já foram vistas no parque, como o lobo-guará, o bugio-ruivo, o tamanduá-bandeira e a jaguatirica. Também já foram encontradas aves como a águia-cinzenta, o papagaio-de-peito-roxo, o galito, o caminheiro-grande e a noivinha-de-rabo-preto.

Como visitar

O Parque Vila Velha fica na BR-376, km 515, Jardim Vila Velha, em Ponta Grossa.

A meia-entrada vale para estudantes, funcionários públicos, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa. Menores de 6 anos, pessoas com mais de 60 anos e portadores de necessidades especiais não pagam ingresso.

Há no local um centro de visitantes, banheiros, estacionamento, loja de souvenires e uma lanchonete.

Quando visitar

As visitas, conforme os dias da semana, dependem de agendamento. Nas sextas, sábados, domingos e feriados, não é necessário agendar a visita, mas é necessário o acompanhamento de um guia. Grupos maiores de 15 pessoas devem agendar a visita com 10 dias de antecedência.O horário de visitação é das 8h30 às 17h30, com entrada permitida até as 15h30. O parque fecha às terças-feiras.

O que diz a lei

O parque foi criado pela lei estadual nº 1.292, de 12.10.1953 e pelo decreto estadual nº 5.767, de 05.06.2002.


Forma de atendimento:

Integralmente Presencial

Quanto custa:
Consulte valores