Novo EPI de uso diário do CBMPR
06/05/2022 - 11:22

O CBMPR desenvolveu nos últimos meses estudos à respeito de uma nova adequação do EPI e é primeiro do Brasil a utilizar esse equipamento com certificação. Existe uma tendência de modernização dos equipamentos de proteção individual usados pelos Bombeiros Militares e nota-se uma variação de cores e uma busca pela segurança e conforto para a realização das nossas atividades.  

O EPI foi criado para dar maior segurança ao Bombeiro Militar em suas atribuições, seja no salvamento veicular, terrestre, em altura, no combate à incêndios florestais e na proteção do socorrista contra fogo repentino e arcos elétricos.

Em se tratando de proteção, o tecido possui laudo de resistência a perfuração e tração, demonstra bom desempenho mecânico,  proteção a líquidos, óleos e graxa, o que proporciona uma blindagem na saúde do militar evitando contato da pele com outras substâncias. É dividido no conjunto calça e gandola ergonomicamente projetado com dispositivos que facilitam o desempenho de suas atividades a exemplo do uso do rádio.

As faixas retrorreflexivas visam a proteção do Bombeiro Militar por meio de sua fácil visualização, tão necessária nas atividades noturnas, de baixa iluminação e rodoviárias.

Quando se trata da nova identidade visual, a cor gold foi inspirada nos EPIs usados internacionalmente pelos Bombeiros e agora também ostentada pelo do Paraná.